Você sabe defender sua Fé?

“Eu nasci em um lar que não era totalmente cristão. Apesar de minha mãe ser cristã desde pequena ela casou-se com um rapaz católico quando veio para SP e afastou-se do evangelho, assim eu e minha irmã não fomos criadas corretamente nos princípios cristãos. Durante a minha infância convivi com tias e tios que eram espiritas e umbandas. Cresci com uma mistura tremenda de crenças e conceitos sobre Deus, Santos e Religião. Quando tinha 12 para 13 anos conheci a Cristo verdadeiramente e assim minha vida foi Transformada.”

Esse é um testemunho rápido da minha vida, claro que muitas coisas aconteceram nesses 20 anos, mas isso foi apenas uma introdução para o assunto de hoje.

Nós viemos de realidades e experiências diferentes com Cristo. Uns nasceram em lares cristãos, outros se converteram ainda quando pequenos, outros quando adultos e assim por diante.

A verdade é que todos nós em algum momento de nossas vidas aprendemos a caminhar com Cristo e passamos a acreditar NELE segundo aquilo que conhecemos e entendemos a luz das escrituras sagradas.

Muitos infelizmente quando questionados em nosso dia a dia sobre quem é Jesus, Deus, Espirito Santo e sobre o que acreditamos não sabemos defender nossa fé e infelizmente somos taxados de ignorantes por aqueles que não conhecem a Cristo.

Gostaria de alerta-los sobre a importância de entender mais sobre a nossa fé, sobre o que cremos e sobre o que não cremos. A dica é SAIBA mais sobre a Bíblia e sobre Deus. Pois “Não nos é possível servir nem adorar um Deus desconhecido, nem depositar Nele a nossa confiança “

Nós aprendemos nas últimas semanas um pouco mais sobre Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo e neste post eu gostaria de ajudá-los com versículos e explicações sobre algumas cresças que estão presentes em nossos dias e muitas vezes passam despercebidas por nós.

Este material foi extraído e adaptado da apostila de EBD “ O Glorioso Deus” da Igreja Batista Castelo Forte.

Nós encontramos outras ideias fora da Bíblia a respeito de Deus diariamente e gostaria de detalhar algumas cresças e conceitos que as pessoas de nosso século creem:

- Agnosticismo: nega a capacidade humana de conhecer a Deus. A grande declaração do agnóstico é: A mente finita não pode alcançar o finito. Embora não podemos conhecer e compreender a Deus de forma inteira e perfeita, porém podemos aprender e conhecer em partes a Deus (Ex.33:20/Jó 42:1-6/Rm.11:33-35/1 Cor.13:9-12) 

- Politeísmo: culto de muitos deuses, o universo inteiro é governado, por muitas forças. Para aqueles que já estudaram história vemos isso nas religiões do Egito. (deus da água, um deus do fogo, um deus do ar, um deus da terra, um deus da guerra, um deus da fertilidade). Este foi o pontapé inicial do paganismo. Pessoas adorando à criatura e não o Criador (Rm.1:25/1 Tim.2:5,6) Este tipo de crença é comum a nós, sempre priorizamos outros deuses em nosso coração e deixamos Deus de lado.

- Panteísmo: “Deus está no universo. Árvores, pedras, pássaros, terra, água, répteis, homem, todos são declarados parte de Deus, e Deus vive e expressa-se a Si mesmo através das substâncias e forças como a alma se expressa através do corpo” O Panteísmo confunde Deus com a natureza e tudo que está nela passa a ser Deus. As pessoas que creem nessa “teoria” dizem que Deus é o universo, e as escrituras dizem que Deus criou o universo (Gn.1:1/Gn.17:1/(Jo 4:24/1 Cor.8:6)_

- Materialismo: Não há diferença entre a mente e a matéria. A grande filosofia é: “o homem é simplesmente uma máquina”. “O pensamento é secreção do cérebro como a bílis é secreção do fígado”. “O homem é simplesmente um animal”. Ou seja o homem não tem responsabilidade por seus atos e que não existe o bem nem o mal. Mas nós sabemos que somos mais que matéria no espaço. Somos homens feitos a imagem e semelhança de Deus! (Gn.1:26-28/ Gn.2:7/ Mt.22:37/ Rm.2:15,16/ Rm.5:12/ Ef.2:3/ I Ts.5:23/ 1 Tm.1:5/ Tt.1:15/ 1 Pe 1:13)

- Deísmo: Há um Deus pessoal, que criou o mundo, mas depois da criação, Deus o entregou para ser governado pelas leis naturais. Eles creem em 2 vertes:

1) – Sua transcendência: significa Sua separação do mundo e do homem e Sua exaltação sobre eles (Is.6:1-3)

2) – Sua imanência: significa Sua presença no mundo e aproximação do homem (At.17:24-28 – Ef.4:6). Portanto, Deus enviou o Seu Filho para estar conosco, e Jesus enviou o Espírito Santo para estar em nós. Dessa maneira Trindade combate isso, isto é, Deus está separado do mundo, como também está no mundo. (Sl.23:1/ Mt.6:25,26/ Mt.28:19,20/ Jo.14:16/ Rm.8:26-28)

- Humanismo Secular: O homem é a medida de todas as coisas, onde o homem é o padrão final onde avalia e julga a vida. Os valores, a lei, a justiça, o bem, o belo, e o certo e o errado terão todos de ser julgados de acordo com as regras elaboradas pelos homens, as quais não levam Deus nem a Bíblia em conta. O homem é salvo por si mesmo, ele depende de si mesmo, não sendo necessária a intervenção divina . Para eles não há vida depois da morte e todas as pessoas são basicamente boas (com umas poucas exceções) e que o mal surja de fora das pessoas e sociedades, e não de dentro delas. “ A Palavra de Deus afirma que, na pessoa de Adão, o homem fez sua opção pelo mal, por ocasião da queda. Isto é, o homem não é basicamente bom , mas basicamente mau (Rm.3:10-12), e não pode salvar-se a si mesmo, pois é impossível(Ef.2:8,9).”  (Jó 14:4/ Jó 15:14-16/ Sl.51:5/ Sl.58:3/ Jr.17:9/ Mt.11:28-30/ Lc.19:10/  At.17:31/ Rm.3:23/1 Co.15:3-6/ Ef.2:1-7/ 1 Ts.4:14)

Essas são algumas teorias e crenças que encontramos em nosso século. Deus é Espírito, Infinito, Eterno, Imutável em seu Ser, Sabedoria, Poder, Santidade, Justiça, Bondade e Verdade, Amor, Paz. Deus revela-se a Si mesmo fazendo-se conhecer ou proclamando o Seu Nome. (Ex.6:3; 33:19; 34:5,6). Adorar a Deus é invocar o Seu Nome (Gn.12:8), teme-Lo (Dt.28:58), louvá-Lo (2 Sm.22:50), glorifica-Lo (Sl.86:9). Reverenciar a Deus é santificar ou bendizer o Seu Nome (Mt.6:9).

Nós como cristãos não precisamos saber mais sobre Deus para rebater ou brigar com outras pessoas e sim para desenvolver uma relação pessoal significativa que gere um crescimento maior com Ele a tal ponto que as pessoas queiram saber mais sobre o Deus que servimos.

Porém não podemos nós negar a aprender e a buscar conhecimento também pois a cada que somos transformados e demonstramos a mudança em nossa vida as pessoas passam a reconhecer que somos diferentes e podemos ser questionados sobre a nossa fé.

Eu e você precisamos aprender a falar em quem cremos. Precisamos saber falar o porque não cremos em outras coiseiras também! Se disponha a aprender e entender mais sobre Deus abra seu coração, busque mais, leia a Bíblia e ore pedindo a Deus ajuda para responder os questionamentos com discernimento e sabedoria.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver