Inimigos da alma - Depressão

“Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes". (Mt 9:12)
Não que eu tenha muita facilidade de tratar o assunto, é bem abrangente e tem muita coisa pra ser estudado, porém tenho ouvido uma serie de mensagens sobre o que adoece nossa alma e por que não tratar um dos assuntos do momentos e desmitificar alguns argumentos que ouvimos sobre.

Sim, depressão é uma doença, um transtorno psiquiátrico. Não, não é "frescura", pessoas com depressão precisam de ajuda. Sim, qualquer pessoa, de qualquer idade pode estar suscetível a sofrer de depressão. Não, não se trata de castigo divino e de pecados. Por que falo isso? porque muitas pessoas não tem sido tratadas adequadamente e não conseguem vencer a depressão por tratarmos de forma errônea e sem devido credibilidade sua situação. A quem diga que crente não pode entrar em depressão e te pergunto o por que? Ser cristão não torna você um ser blindado, imune as aflições deste mundo, mas sim te torna filho de Deus e discipulo de Jesus, afim de ser sua testemunha viva.

"O termo depressão, na linguagem corrente, tem sido empregado para designar tanto um estado afetivo normal (a tristeza), quanto um sintoma, uma síndrome e uma (ou várias) doença(s)." Depressão é uma exaustão mental e/ou física provocado por fatores internos e externos. "A depressão é uma doença silenciosa, ela vai se construindo lentamente". São muitos os motivos que podem levar a uma depressão e nos mais variados quadros clínicos como: esquizofrenia, alcoolismo, transtorno pós-traumático, perda de um emprego, fim de um relacionamento( casamento, namoro, noivado), decepção com pessoas de confiança, abusos físicos ou sexuais, circunstancias sociais ou econômicas.

"A depressão inclui não apenas alterações do humor (tristeza, irritabilidade, falta da capacidade de sentir prazer, apatia), mas também uma gama de outros aspectos, incluindo alterações cognitivas, psicomotoras e vegetativas (sono, apetite)."

Na bíblia podemos citar alguns homens que sofreram de depressão devido momentos difíceis extremos em suas vidas como Jó, Davi, Moisés, Elias. Todos eles encontraram cura, força para vencer esse inimigo em Deus. Mas como Deus os tratou? Veremos o exemplo da vida de Elias:

Em 1 Reis 18 mostra alguns feitos de Deus por meio da vida de Elias ao seu povo: Primeiro, ele matou 450 profetas de Baal após desafiar todo o Israel a servir ao Senhor. Após acabar com falsos profetas, Elias prediz uma grande chuva (Israel estava sofrendo com uma grande seca) e pede que avisem a Acabe, rei de Israel, que se apressasse para não ser apanhado pelo temporal e de alguma forma o poder de Deus veio sobre Elias, que o fez correr à frente dos carros por todo o caminho. Com esse resumão chegamos em como Elias foi pego pela depressão, em 1 Reis 19 acompanhamos a fuga de Elias para salvar a sua vida. Elias foi caçado e ameaçado de morte, foi assim tomado por tamanho medo e angustia que ora clamando por sua morte. Elias passou por grande frustração, desapontamento, se sentindo fracassado, sem vontade de viver.

Podemos começar a encontrar os sintomas da depressão em sua vida como desorientação e confusão, desejo de morrer, autodepreciação, alteração do sono e de hábitos alimentares, isolamento.

Deus não o abandonou e enviou o tratamento necessários. Primeiro vemos ação de: 1.Medicamentoso (vs 5-7): Elias recebeu alimentação necessária, com proteínas e carboidratos e foi levado a um sono terapêutico, afim de que seu corpo tivesse forças para alcançar cura. Hoje existem também antidepressivos, ansiolíticos que ajudam a reduzir ansiedade, melhora o sono e outros sintomas, claro que todos usados com recomendação e acompanhamento médico.

2. Psicoterapeutico (vs 7): Deus injetou ânimo na vida de Elias, trouxe novamente sentido a sua vida, lhe trouxe esperança.

3. Consulta psicológica (vs 9, 13): Deus iniciou um processo de aconselhamento, fez com que Elias falasse o que sentia, o que incomodava. Falar inicia um processo de cura (Rm 10:9).

4. Espiritual (vs 11): presença de Deus foi fator de cura. Elias sabia que não estava só, abandonado. "Elias estava deprimido, mas, mesmo assim sua relação com Deus não mudou. Ele reconhecia a presença e a manifestação a Deus".

Não trate com desdém ou preconceito, depressão é coisa séria! Procurar ajuda médica é prudência, não falta de fé. Jesus pode curar sua vida de uma forma sobrenatural sim, mas muitas vezes encontraremos cura em assistência médica especializada. Não prolongue sofrimento por querer grandes manifestações, não seja ignorante, procure ajuda profissional, Jesus já dizia quem precisa de médico são os doentes. A melhor forma de ajudar pessoas com depressão é estimulá-las a confiar em Deus a procurar tratamento adequado e profissional. Menos julgamentos,mais empatia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver