Não Pare!

Por essa razão, torno a lembrar-lhe que mantenha viva a chama do dom de Deus que está em você mediante a imposição das minhas mãos.

Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio. 2 Timóteo 1:6,7

Estive pensando no tempo (e que tempo, diga-se de passagem) que demos aqui no blog, e também em outros ministérios que Deus confiou a nós (a mim, pra ser mais especifica) e vejo o quanto deixei as circunstâncias me abaterem e me fazerem parar. E me veio o texto de Lucas 9.62 na cabeça: "Jesus, porém, lhe respondeu: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus." E me questionei será que naquele momento eu não estava apta para o Reino de Deus? Será que estou agora? Por que deixei que tudo me parasse? E como fazer pra que seja diferente agora?

Quanto ao que passou, entendo hoje que eu provavelmente não tinha maturidade suficiente para assumir compromissos tão profundos e que a minha superficialidade fez com que eu me abatesse tão logo as dificuldades começaram a chegar. Hoje eu entendo que todas essas dificuldades serviram pra que hoje eu estivesse mais consciente do meu papel no Reino de Deus, e para que eu entendesse o propósito de Deus na minha vida. Quanto ao agora não posso me julgar preparada, afinal nosso aperfeiçoamento é um processo bem longo, mas sei que o meu Deus me fortalece. E Ele me desafia todos os dias a prosseguir. Todos os dias sinto o chamado de Deus para que tome a minha cruz, pra que coloque a mão no arado e prossiga.

No tempo em que estive "parada", era exatamente assim que me sentia, estagnada, impedida por meus próprios medos e marcas a avançar no Reino de Deus. Mesmo assim, Deus não desistiu de mim, Ele continuou falando ao meu coração, me incomodando através da sua Palavra e das ministrações que ouvia em minha igreja. E uma vez eu ouvi que Deus utiliza várias maneiras para falar com a gente. E Ele falou comigo através do seu Espirito, através da sua Palavra e através das circunstancias. Eu estava resistente, mas Ele não desistiu, Ele nunca desisti.

Então percebi, se eu não estou trabalhando para o Senhor, sou eu quem está perdendo as bençãos. O Reino de Deus não depende de mim para avançar, mas eu dependo de Deus para avançar. E se eu não deixar que Ele me use para o avanço do Reino, eu deixarei de ser uma vencedora. Porque de fato Deus não precisa de mim (Ele pode usar uma mula, ou mesmo as pedras) mas eu preciso urgentemente de Deus. Eu preciso servir ao Rei que me criou para esse propósito. Como poderei vencer, como poderei desfrutar das bençãos dos vencedores que estão escritas nos primeiros capítulos de Apocalipse se eu não colocar a minha vida à disposição dEle.

E como sempre nosso maior exemplo é o próprio Senhor, que na pessoa de Jesus se entregou, se dispôs e pode assim salvar toda humanidade. Se Deus não desiste de mim, como eu posso desistir dEle? Afinal se Ele deu a sua vida por mim para me resgatar da morte, a vida que eu tenho hoje não é minha é dEle. Se Ele me comprou por um alto preço para que eu pudesse me relacionar com Ele e governar com Ele no mundo vindouro, como eu posso me recusar a andar como Ele andou aqui? Como eu posso me recusar a dar a minha vida?

Sei que este post está mais para um desabafo, mas é essa minha intenção aqui, mostrar o quanto eu sou falha, e o quanto eu dependo de Deus para servir a Ele mesmo. E eu espero que o meu "testemunho" te anime, te traga vida, renovo e te desafie a não parar, a não desistir. Porque Ele não desistiu de nós, nós não desistiremos de viver por causa dEle, por meio dEle e para Ele!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pacificadores

Chega de mornidão!

Armadura de Deus: Capacete da Salvação