Vida Consciente

"Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento" (Ec 11:9).

Todo jovem gosta de "curtir" a vida, apreciar uma boa música, comprar tudo o que desejar, namorar bastante, sair muito com os amigos, enfim aproveitar o que a vida pode oferecer. Porém não podemos esquecer de viver conscientemente. Há muitos que vivem de qualquer jeito, sem medir as consequências de seus atos.

É natural a busca pela Felicidade; praticar aquilo que nos satisfaz, aquilo que nos traz momentos de alegria, quer sejamos jovens ou não. Mas é preciso parar e pensar, até que ponto isso nos convém?

A Bíblia nos recomenda que aproveitemos bem a vida enquanto pudermos (Ec 11:9-10). Afinal o que é a nossa vida? É como uma neblina passageira, que aparece por algum tempo e logo depois desaparece (Tg 4:14).

Mas ela também nos lembra que prestaremos contas a Deus por TUDO que fizermos, e de que todos esses prazeres não são valores definitivos, ou seja, dura pouco (Ec 2:11).

Salomão, teve tudo que hoje dizem que traz felicidade: dinheiro, poder e fama. E mesmo assim conclui em Eclesiastes que "tudo era ilusão...como se estivesse correndo atrás do vento". Suas realizações e prazeres não duraram mais do que se tivesse segurado o vento em suas mãos.

A vida não pode ser baseada em apenas curtir as coisas boas que ela oferece, sabe tudo que agrada aos olhos e à nossa vontade. Todas as coisas que fazemos sempre geram consequências, sejam elas boas ou más.

É o que nos diz a Bíblia: "Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá" (Gl 6:7). Se semeamos o bem, colheremos o bem; mas se praticamos o mal, as consequências também serão más. E ainda Deus nós cobrará cada ato; e então como ficamos?

Deus sempre está de braços abertos a nos receber, a nos perdoar e salvar! Basta que nos arrependamos de nossos maus atos. Então volte-se para o Senhor nesse instante. Busque-O enquanto é possível achá-lO! (Is 55:6). Ele de bom grado liberará o Seu perdão e Sua misericórdia (Is 55:7).

Lembre-se: Há um Deus Soberano, que deseja para você não apenas um prazer momentâneo, mas sim uma alegria e satisfação para toda a eternidade! Não espere chegar no fim da vida para ver que tudo se soma num grande zero. "Viva consciente de que existe satisfação eterna em contraste com o prazer passageiro". Saiba aproveitar a vida como um presente de Deus!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver