Feridas

"Vinde, e tornemos ao SENHOR, porque ele despedaçou, e nos sarará; feriu, e nos atará a ferida.
Oséias 6:1

Essa semana estava pensando em muitas coisas que já passaram em minha vida. Eu acho que isso é muito comum no final do ano. Todo mundo tem seu momento nostalgia nessa época. Muitas coisas acontecem conosco durante o tempo que passamos nessa terra e com certeza todas elas nos marcam de alguma forma. Mas há acontecimentos que nos marcam muito mais fundo, acontecimentos que nunca vamos esquecer, ou que pensamos ter esquecido mas que continuam ecoando em ossas ações e reações. Por isso resolvi falar sobre as feridas da nossa alma.

Muitas vezes pensamos que o simples fato de perdoar alguém que nos causou algum mau, ou passar por cima de uma dificuldade ou perda, nos livra das feridas que esses acontecimentos fazem em nosso coração. Mas isso não é verdade. Quantas e quantas vezes nos perguntamos porque reagimos de uma forma ou de outra diante de certas situações, tantas vezes tentamos mudar nosso comportamento diante de situações que se repetem e não conseguimos. Tudo isso é reflexo de dores do passado que na verdade não passaram.

É a velha história do prego na madeira, depois que você o pregou na madeira é possível sim tirá-lo mas a marca que ele fez nela não vai sair. Do mesmo jeito acontece com a gente. Há coisas que acontecem conosco que vão passar mas as feridas vão ficar. A questão é o que fazemos com essas feridas. Será que as escondemos atrás de um curativo e as deixamos ali sangrando eternamente, ou será que pedimos pra que o Senhor derrame o seu óleo sobre elas para que elas sejam fechadas e curadas.

O fato de Deus curar nossas feridas não quer dizer que nós vamos simplesmente delas, muito pelo contrário, quando nos machucamos a ferida pode até fechar mas as cicatrizes ficam. Por exemplo quando tinha uns seis anos de idade um menino me empurrou na escola e eu acabei machucando o joelho muito feio. Minha mãe cuidou de mim e passou remédio, fez curativos até que a ferida fechou mas até hoje eu tenho uma cicatriz no meu joelho e sempre que olho pra ela lembro desse dia. ou seja a ferida pode ser curada pelo Senhor mas a sua cicatriz sempre vai estar lá, você vai lembrar dela mas ela não vai doer mais.

Há feridas tão fundas e tão escondidas que nem nos lembramos que elas existem, mas a inflamação nessa ferida acaba nos tornando pessoas amargas, tristes e até causando doenças físicas. Deus não quer que fiquemos dessa forma. Ele nos ama e cuide de nós, basta deixar que Ele entre em seu coração e trate das suas feridas. É muito doloroso esse processo e as vezes demorado mas Deus quer nos curar, basta apenas que nós nos coloquemos a disposição do seu amor.

Quando somos sarados das feridas da nossa alma, nossa vida toda muda. Começamos a ver tudo mais leve e simples. Começamos a reagir da maneira correta diante das provações, dificuldades, perdas e problemas. Acontece também de depois que já fomos curados novamente passarmos por situações marcantes, mas ai já sabemos que podemos contar ao Senhor o que nos aflige e pedir que Ele nos console e guarde nosso coração das feridas que aquilo pode nos causar.

Não tenha medo de pedir a Deus que sare as suas feridas, só Ele tem o balsamo de cura. Só o seu amor é capaz de curar todas as feridas. Por mais doloroso e demorado que seja é sempre melhor do que viver amargurado, se sentindo sozinho, chorando e até ficar doente fisicamente. Ore pedindo que Deus sonde o seu coração e te mostre onde estão as feridas e peça que Ele as cure. Afinal Ele é o Médico dos Médicos e tem poder tanto para curar o exterior como o interior de nossa vida.

Bjoo Boa semana a todos


Deus nos abençoe e nos cure.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus Espírito Santo

Armadura de Deus: Capacete da Salvação

Armadura de Deus: Escudo da Fé