Quem não Serve: Não Serve!

“Serviremos ao SENHOR nosso Deus, e obedeceremos à sua voz”. (Js 24.24)

Uma das principais características da igreja é ter ministérios bem divididos. Não vejo nenhum problema quanto a isso, alias sou a favor de ter uma igreja que tenha pessoas que sirvam e estejam dispostas para cumprir o seu chamado dentro do Reino de Deus.

Você foi chamado para fazer algo dentro de todo este contexto chamado igreja e também foi agraciado com dons e talentos específicos para agir na sociedade e no contexto em que vive. Com isso Deus te “deu” funções para executar e trabalhos que só você é capaz de fazer.

Quando estudamos um pouco mais sobre os dons aprendemos que um deles é o dom do Serviço que nada mais é do que a habilidade de trabalhar alegremente ao lado de outro ajudando aquela pessoa a completar uma tarefa. Este dom normalmente é acompanhado por uma atitude de humildade e sacrifício, bem como uma habilidade de perceber as necessidades de outros. É algo dado por Deus, feito naturalmente, sem esforço.

Neste post eu gostaria de falar um pouco mais sobre Servir, lembrando que não é uma função apenas de quem possui o dom mais sim de todos nós como cristãos, salvos em Cristo Jesus.

Por que devemos servir? A resposta principal para está pergunta é: Jesus serviu e por isso devemos servir. Ele veio até nós humildemente em forma de homem e esvaziou – se de Si mesmo e entregou Sua vida em favor de nós.

Jesus teve um brilhante ministério aqui na terra veio realmente para servir as pessoas e não para ser servido. (Marcos 10:45). Curou (Lucas 22:51), Lavou os pés (João 13:5), Salvou (Marcos 10:52), Operou milagres (João 2:23). Jesus também é Deus e Ele possui a mesma Majestade que Deus Pai, porém Seu amor por nós é tão grande e inexplicável que toda a Sua trajetória aqui na terra foi dedicada às pessoas.

Jesus foi quem mais serviu e nós como cristãos também somos chamados a servir. Servir quer dizer fazer algo para alguém ou por alguém. É mais que uma atividade em si é uma postura, uma pratica diária. A Questão não é o que fazemos em si e sim para quem fazemos.

Um dos chamados do evangelho é redirecionar o nosso serviço para coisa certa. Nos sempre servimos algo, seja a vontade da nossa carne, dos nossos amigos enfim estamos sempre servindo. Quando decidimos seguir a Cristo dizemos ao mundo: Agora eu sigo e SIRVO a Cristo e com isso redirecionamos todo o nosso serviço seja ele qual for para Deus. Com isso passamos a dedicar tudo a Deus (24 horas do dia) e tudo que sai da Lei de Deus torna-se pecado.

Tudo o que fazemos durante o nosso dia então é considerado um serviço a Deus. Uma grande falha é fazer separação entre o serviço secular (trabalho, escola, família e afins) com o serviço eclesiástico (igreja, ministério). A nossa vida fora da igreja (se é que me entendem – trabalho, escola, família, amigos) é uma extensão do reino de Deus. Então tudo o que fazemos no nosso dia é torna-se um trabalho para o reino.

A Lei de Deus é lei para o cristão em qualquer lugar. Com isso nós devemos obedece-la por onde quer que andemos. Infelizmente encontramos muitos crentes mascarados que só servem quando estão na frente das pessoas ou na igreja, que só ajudam quando vão aparecer... Ou até mesmo quando estão em um ministério de destaque.

Tenho visto algumas pessoas assim, que trabalham na igreja por trabalhar, que fazem as coisas para aparecer, que entram nos ministérios e não tem um compromisso real, que só criticam e não sabem arregaçar as mangas para trabalhar, que não sabem conviver em equipe, que não conseguem aceitar e entender a opinião dos outros... Muitas vezes me revoltei por encontrar irmãos assim que não estavam com vontade nenhuma de servir ou porque demonstravam nitidamente que estavam trabalhando de má vontade. Mas com o passar dos dias aprendi que não devo me importar com eles, devo apenas continuar servindo com excelência a Cristo.

Nosso serviço não deve ser um peso e sim algo espontâneo prazeroso a Deus. Uma forma de agradecimento e honra por tudo que Ele fez e faz diariamente a nós. Porém não podemos fechar nossos olhos e viver nossa vidinha da maneira que desejamos. Temos nossos deveres, obrigações e compromissos e precisamos cumpri-los em serviço a Deus.

Eu amo a Deus de todo o coração. E porque eu amo a Deus eu sou um servo em casa, na igreja, no trabalho, faculdade, sozinho e em qualquer lugar.

"Os olhos do SENHOR estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons." (Pv 15:3)


Lembre-se:

- A vida do Cristão não tem nada de secular ela é 100% para Deus;

- O seu serviço é um testemunho!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver