A Vida Alheia...

“Pedro voltou-se e viu que o discípulo a quem Jesus amava os seguia. (Este era o que estivera ao lado de Jesus durante a ceia e perguntara: ‘Senhor, quem irá te trair? ’) – Quando Pedro o viu perguntou: ‘Senhor e quanto a ele?” João 21.20 e 21.

Eu particularmente nunca tinha prestado muita atenção neste texto no final do livro de João. Nós sempre falamos dos versículos anteriores em que Pedro declara três vezes o seu amor por Jesus, mas não prestamos atenção no que acontece depois.  E como o comportamento de Pedro se assemelha muito com o de todos nós. Afinal é sempre mais fácil cuidar da vida alheia.

Jesus estava conversando com Pedro e pedindo que ele apascentasse as suas ovelhas. Pedro foi orientado por Jesus a cuidar de todas as pessoas que haviam crido nEle. Pedro tinha acabado de ser chamado para iniciar uma obra extraordinária que inclusive é a razão pela qual nós hoje conhecemos o evangelho de Jesus. Logo em seguida Jesus diz a Pedro que o siga.

Mas então Pedro olha para trás e vê João os seguindo. E então pergunta a Jesus o que aconteceria com João e Jesus dá uma ótima resposta a ele no versículo 22: “Se eu quiser que ele permaneça vivo até que eu volte o que lhe importa? Quanto a você siga-me.”. Nossa agora eu sinto como se eu nem precisasse escrever mais nada nesse post. Mas é necessário escrever aquilo que Deus quer falar.

Nós ouvimos muita gente que não está na igreja dizer que crente é tudo fofoqueiro, curioso e por ai vai. Muitas vezes levamos na brincadeira, mas o diabo não brinca, e é por esse fato que muitas igrejas se desfazem e muitos ministérios acabam. Ai você pode dizer: “Mas eu nunca falei nada de ninguém.” – mas pode ser que você já tenha ouvido alguém falar. E o simples fato de ouvir faz de nós fofoqueiros e pior ainda curiosos assim como Pedro. Tudo porque damos lugar àquilo que não interessa.

Pode parecer que eu estou sendo radical, mas veja o que acontece depois que Jesus responde a Pedro, o versículo 23 diz: “Foi por isso que se espalhou entre os irmãos o rumor de que aquele discípulo não iria morrer. Mas Jesus disse: ‘Se eu quiser que ele permaneça vivo até que eu volte o que lhe importa? ’”. Pedro ouviu uma coisa e aquilo se tornou um rumor que não era verdadeiro. Ou seja, o ouvir o que não devemos ou vir, nos leva a falar o que não devemos falar também. Depois de fato ninguém soube o que aconteceu com João, porque a Bíblia não relata sua morte e ainda há o boato de que ele foi arrebatado.

Mas ai é que está o problema... e se o boato for verdade? Boato é boato e verdade é verdade. A Bíblia diz que nada está oculto a Deus. Ele pode ver todas as coisas inclusive nossas intenções, pensamentos e desejos. Portanto não dê lugar ao diabo, rejeite os comentários desnecessários e não fique em rodinhas de fofocas. Se alguém vier lhe falar algo seja educado e diga que você não quer ouvir isso. Pergunte se o irmãozinho já foi falar com a pessoa que é o protagonista da história que ele está contando.

Eu bato muito nessa tecla e já disse varias vezes em outros posts previra ouvir a voz de Deus. Os boatos não vão te acrescentar nada e a fofoca só vai te corroer por dentro. Além de que fofoca e curiosidade são práticas mundanas. Não abra brechas em sua vida preste atenção e saiba selecionar aquilo que você ouve e fala. E isso não só na igreja, no seu trabalho, na sua escola e por ai vai.

Que ao contrário de Pedro nesta passagem, nós possamos nos preocupar com o chamado do Senhor para nossas vidas e se atentar sempre em fazer bem aquilo que nos foi designado por Ele. Dê atenção pra o que realmente vale a pena. Prefira sempre cuidar da sua vida não da vida alheia.
Boa semana a todos, Deus abençoe.

Bjos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver