Decência

Arte e Adoração - Decência
“Afastem-se de toda aparência do mal.” I Tessalonicenses 5.22

A decência é um tema muito abordado nas igrejas, principalmente com relação às mulheres. Acho até um pouco clichê falar disso. Mas quero abordar o tema de uma forma mais tranquila sem impor leis e regras a seguir. Principalmente porque eu acredito que a decência começa no coração não na roupa. Além disso, quero explorar este tema muito além da roupa, porque nós como seguidores de Cristo devemos ser decentes também no nosso comportamento, no nosso falar e no nosso viver diário.

Vamos começar definindo a palavra decência, segundo o dicionário decência é compostura, decoro. O dicionário define decoro como respeito por si mesmo e pelos outros, honra. Eu gostei muito dessa definição porque encaixa direitinho com o que eu quero falar hoje.

Nós cristãos abordamos a decência como algo rigoroso, chato, quadrado e muitas das vezes alienado, meio sem noção eu diria. Parece até que há uma forma e todos tem que ser igual. Quando na verdade Deus nos criou seres únicos, é claro que temos um mesmo exemplo a seguir que é o caráter de Cristo, mas cada um de nós tem sua própria personalidade e que mesmo estando dentro da vontade de Deus acaba não sendo entendida por outros cristãos e é ai que entra o preconceito e o julgamento precipitado. Quero esclarecer como é possível que sem perder o seu estilo; e isso envolve roupa, comportamento e por ai vai; você tenha a aparência de Deus.

Quando somos libertos por Cristo através da nossa fé nEle, conquistamos uma liberdade. Algumas pessoas não compreendem isso e confundem a liberdade em Deus com libertinagem. Através da fé em Cristo somos libertos da Lei do pecado e não somos mais escravos dos desejos da nossa carne. Portanto não podemos ter a aparência do mundo. Precisamos nos parecer com Cristo, e isso significa seguir seus mandamentos que se resumem em dois: “Amar a Deus acima de todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo.” – quando amamos alguém, respeitamos esse alguém. Portanto ser decente é respeitar a Deus, a você e a seu próximo como a você mesmo.

Eu penso que ninguém vá ferir o seu próprio respeito e da mesma maneira como nós nos privamos de algumas coisas porque isso fere o nosso respeito, a nossa índole, podemos e digo até que devemos nos privar de algumas coisas em respeito ao nosso irmão em Cristo. Paulo diz em I Coríntios capítulo 8 versículo 9 que devemos tomar cuidado com o exercício da nossa liberdade para que não nos tornemos pedra de tropeço na vida de outros irmãos. E em outras citações Paulo fala que tudo nos é permitido, mas nem tudo nos convém e nos orienta a não usar a nossa liberdade para dar lugar à carne (I Co 6.12; Gl 5.13; I Co 10.23).

Portanto, devemos pensar bem naquilo que usamos naquilo que falamos e como nos comportamos, e ver se isso não fere principalmente o Espírito que habita em nós e depois se isso não fere os olhos ou os ouvidos do irmão que está ao nosso lado. Ouço muitos crente dizerem: “Eu não ligo pro que falam de mim, e não estou nem ai pro que o pastor acha.” – mas esse é um pensamento mundano. Devemos sim nos importar com forma com que as pessoas nos veem.

Eu não quero aqui ditar uma forma de se vestir ou de falar porque isso é horrível. Compreendo até algumas igrejas que por sua doutrina fazem isso, mas eu acho desnecessário. Acho que Deus é quem deve chamar a sua atenção pra isso. Por isso esteja sensível à voz de Deus. Ouça o que Ele diz a respeito da sua roupa, do seu comportamento fora e dentro da igreja, afinal sua vida tem que ser a mesma dentro ou fora. E não deixe de seguir a vontade e os mandamentos de Deus porque isso fará com que você tenha o caráter e a aparência de Cristo. Eu penso que quando Adão pecou nós perdemos a essência daquilo que nos torna semelhante a Deus que é a santidade, mas que quando nós aceitamos a Deus e buscamos estar no centro da vontade dEle voltamos a nos torna sua semelhança porque voltamos a ter essa essência, voltamos a ter santidade.

Não perca a oportunidade de ser semelhante a Deus e ter a Sua aparência, muito além da sua roupa, do seu estilo e do seu comportamento, que sua vida transpareça Deus. Que não seja sua roupa, ou seu comportamento que mostre Deus porque isso é muito externo e muitas vezes mentiroso, mas que sua vida, seus olhos mostrem Deus, mostrem a decência e a santidade que vem de Deus.
Boa Semana a todos
Bjos Deus abençoe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver