Doutrinas, Leis e Liberdade

Atualmente há uma discussão muito grande no meio evangélico quanto às doutrinas em cada igreja, o que eu tenho visto são mais e mais igrejas novas pregando doutrinas e leis diferentes. Em cada esquina pode se encontrar uma igreja pequena ou grande que defende seu modo de interpretar as doutrinas e Leis de Deus. Isso tem ocasionado discórdia no meio cristão protestante podemos ver essas discórdias entre membros da mesma igreja e até ofensas públicas entre pastores de igrejas distintas. E essa discórdia tem afastado as pessoas que não conhecem a Jesus de nossas igrejas.

Em meu modo de pensar o evangelho de Jesus é muito simples, mas nós fazemos questão de complicá-lo de tal forma que nós mesmos não conseguimos entende-lo e isso nos impede de praticá-lo. Queremos enfeitar com nossas teologias e doutrinas de homens aquilo que Deus designou a nós. Segundo Paulo toda Lei se resume num mandamento: “Amar ao próximo como a si mesmo.” Mas na verdade o que temos visto hoje são líderes de igrejas e ministérios se devorando publicamente em nome de uma doutrina que não é a doutrina de Deus.

Há pessoas que defendem a lei com unhas e dentes, mas são hipócritas porque não as seguem, tanto Jesus como Paulo nos advertiu a respeito desses falsos pastores e líderes que na frente das pessoas fingem ser algo que não são (Rm 2.19-24 e Mc 7.1-13), é por isso que não podemos nos apegar a doutrinas e regras estabelecidas por homens. Sempre precisamos interpretar o que ouvimos à luz da palavra. E normalmente essas leis estabelecidas por homens, por mais que eles tentem, não tem base fundamentada na Bíblia. Já a Lei de Deus que está na Bíblia, nos mostra o que é pecado o que não, a lei de Deus nos ensina a andar no caminho correto (Rm 7.7).

Mas é ai que temos outro problema, há igrejas que querem se embasar nas Leis do antigo testamento sem levar em consideração que Jesus já nos livrou da Lei. E isso não quer dizer que não temos que cumpri-la, muito pelo contrário, a Bíblia nos mostra que por causa de Cristo não precisamos mais cumprir a Lei por nossos próprios esforços nem esperar da Lei a nossa justificação, porque agora Cristo é a nossa justiça pela fé, não pela Lei (Gl 3.10-14).

Muitas pessoas acreditam que o sacrifício de Jesus é a anulação da Lei quando na verdade é a confirmação da mesma (Rm 3.25-31). Através do sacrifício de Jesus anulou-se a lei do pecado que nos impulsiona a pecar cedendo aos desejos da carne mesmo conhecendo a Lei de Deus (Rm 8.1-4 e 10.4). Porque quando nós conhecemos a Lei pela carne não a cumpriremos afinal isso é normal ao ser humano, até uma criança pequena quando advertida pelos pais que não pode fazer algo vai e faz do mesmo jeito e eu resumo isso no fato de sermos todos pecadores, porque é isso que somos pecadores justificados e santificados por Cristo. Mas quando nós conhecemos a Lei através do Espírito e vivemos pelo Espírito de Deus ai sim a obedeceremos pelo prazer de seguir a Jesus (Rm 8.5-8).

Sendo assim somos livres em Jesus e justificados por seu sacrifício, e temos que seguir a sua Lei por amor a Ele e prazer de agradá-lo, mas fazemos isso por sua misericórdia que em nós habita através do seu Espírito. É Ele, o Espírito, que nos impulsiona a fazer o que é correto, por isso nós não precisamos seguir as leis dos homens porque Jesus nos chamou a liberdade. Uma vez livres em Jesus não precisamos nos submeter ao controle das leis e doutrinas nem voltar à escravidão da qual fomos libertos (Gl 5.1 e 3.23-25). Pois Jesus pagou pelos nossos pecados na cruz e nos fez livres para o seu louvor.

Quero com este post que possamos entender que Jesus nos fez livres e não precisamos seguir regras estabelecidas por homens, mas sim obedecer através do Espírito ao mandamento de amarmos uns aos outros como Deus nos amou. E quero também fazer uma crítica aos pastores e líderes que se atacam nas redes sociais ou na mídia em geral em vez de seguir ao mandamento de Jesus. Que possamos compreender no sentido mais amplo o fato de que quando nós nos amarmos incondicionalmente e nos unirmos por este amor o mundo vai olhar para a igreja e crer que Jesus é o Filho de Deus e todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Cristo é o Senhor.

Aleluia! Uma boa semana a todos!

Bjos

Comentários

  1. "E quero também fazer uma crítica aos pastores e líderes que se atacam nas redes sociais ou na mídia em geral em vez de seguir ao mandamento de Jesus."

    Este trecho me lembrou justamente Silas Malafaia. Ao invés de pregar arrependimento, gasta o tempo todo falando mal dos outros.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Leia antes de Comentar:
Read before posting:

● Não serão aceitos comentários anônimos.
● Anonymous posts will not be accepted.

● Os comentários deste blog são todos moderados;
● All posts in this blog will be moderated/controlled.

● Escreva apenas o que for referente ao tema;
● Write only what is related to the subject being discussed.

● Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
● Personal insults or spam will not be accepted.

● Para entrar em contato, nos mande um email em arteeadoracao@hotmail.com;
● Please, fell free to can contact us by sending an e-mail to arteeadoracao@hotmail.com;.

Obrigado por sua visita e volte sempre.

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver