Intimidade

Arte e Adoração - Intimidade“Eu sou do meu Amado e o meu Amado é meu...” (Cantares 6.3)

Eu particularmente amo o livro de Cantares, justamente porque ele retrata o amor do Senhor por nós, comparando-nos a noiva de Jesus.

É impressionante o amor de Deus por nós, é tão grande, tão profundo, tão indescritível. Ultrapassa todos os limites da nossa imaginação.



E quando nós O adoramos, podemos sentir esse amor, e uma vez que você sinta esse amor, não vai querer viver sem Ele. Uma vez que você sinta a intimidade que se pode ter com Deus não poderá mais viver sem ela.

O livro de Cantares os dá uma visão mais palpável de Deus. E eu acredito muito que Deus é um Deus palpável, tão real, que podemos senti. Muitas vezes não nos aproximamos de Deus porque O vemos como um Senhor enorme que vai nos castigar no primeiro tropeço, mas não é assim que funciona. Deus nos ama e deseja ter intimidade conosco, Ele deseja que nós O conheçamos na integra, Ele nos deseja, e foi por isso que Jesus morreu por nós para que pudéssemos ter livre acesso a Deus. O que eu tenho visto é que muitos de nós se recusa a ter essa intimidade com o Senhor, porque não acreditamos nesse Deus que está tão perto que é possível tocá-lo.

Através da adoração, do louvor, da leitura da Palavra e da oração podemos nos aproximar do Senhor e desfrutar dessa intimidade, podemos conhecê-lo de forma completa, podemos compreender o seu amor por nos, podemos sentir esse amor.

Experimente essa intimidade, experimente aprofundar seu relacionamento com o Senhor, experimente mergulhar no amor do Senhor, sentir o seu abraço, o seu perfume. Tenho certeza que será uma experiência inesquecível.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Crer sem Ver